Você quer Parar o Terrorismo?

Berlin
Never Again!
Consumer Boycotts Start with

Kuwait Gas Stations in Europe: Q8, Tango, F24, OKQ8

Airlines: Emirates, Etihad, Saudia, Fly Dubai, Qatar, Kuwait Airways

Boicote os Patrocinadores do Terrorismo

Arábia Saudita, Qatar, Kuwait, Bahrein, Emirados Árabes Unidos

nice-attack

- O terrorismo matou 500.000 pessoas na Síria e Iêmen.
- Serviços de inteligência: "Milhares de terroristas estão à espera de nos atacar."
- Mais de 100 ataques terroristas nas nossas cidades.

slide2.jpg

Boicote de consumidores

O terrorismo apenas para se nós ameaçarmos boicotar os países patrocinadores do terrorismo, como a Arábia Saudita, Qatar, Bahrein, Kuwait e Emirados Árabes Unidos. Os boicotes dos consumidores devastam as suas economias, forçando-os a parar de patrocinarem o terrorismo. Os boicotes começam tão cedo quanto dezembro de 2016.

Sem patrocinadores, os terroristas estão acabados. Sem financiamento, sem suprimentos, sem clientes e, além disso, sem suporte moral, eles ficarão isolados e paralisados. Isto faz com que seja impossível eles continuarem ataques e guerras terroristas no Médio Oriente, subcontinente indiano, África e em cidades de outros países.

Os Patrocinadores do Terrorismo e os Seus Objetivos

Os cinco Estados do Golfo patrocinam o terrorismo no Médio Oriente e noutros locais. Os países alegam ser Muçulmanos, mas são Wahhabistas, uma seita herética e extremamente violenta. A Turquia também é um patrocinador. Até que ponto o golpe de 2016 alterou essa situação necessita de clarificação. A Turquia tem, pelo menos, de pagar pelos danos à Síria e Iraque.

Os objetivos dos patrocinadores do terrorismo assentam no domínio do mundo Muçulmano, bem como dos seus recursos, ao nível do petróleo e do gás. Para chegar à segunda fase (primeiro foi o Afeganistão), eles estão a pressionar por uma mudança de regima na Síria e Iêmen. Bombardeando e deixando à fome o Iêmen. Patrocinando terroristas, como a Al Qaeda, Al Nusra, ISIS, Al Aqsa e outros para matar.

Pedidos aos Patrocinadores do Terrorismo

Para parar o terrorismo e facilitar a paz na sociedade muçulmana, nós pedimos respeitosamente que:

  • Parem de apoiar rebeles e terroristas armados em qualquer lugar.
  • Parem de exigir uma mudança de regime na Síria.
  • Retirem-se do Iêmen e parem qualquer interferência.
  • Paguem danos à Síria, Iêmen e Iraque.
  • Abandonem a doutrina Wahhabista.
  • Respeitem totalmente todos os ramos Muçulmanos não violentos.

 
Nós também solicitamos a todos os Grandes Muftis que emitam uma a Fatwa, que todos os rebeldes armados e atividades terroristas, bem como o seu suporte, são anti-Islão.

Apoio ao Terrorismo Ocidental

O mundo ocidental apoia os países patrocinadores do terrorismo com armas, suporte logístico e assim por diante. Eles exigem uma mudança de regime na Síria. Mas não falam sobre as atrocidades cometidas por grupos rebeldes e terroristas e, no caso do Iêmen, sobre as atrocidades cometidas pela Arábia Saudita e aliados.

Planeamento do Boicote

Os Human Guardians vão enviar uma carta a cada um dos governantes dos países patrocinadores do terrorismo: Arábia Saudita, Qatar, Emirados Árabes Unidos (EAU), Kuwait e Bahrein. Nessas cartas, vamos pedir-lhes para honrarem os nossos pedidos. As cartas dirigidas aos governantes dos países do Golfo e Turquia vão ser enviadas na segunda metade de novembro de 2016. Estas cartas serão públicas. Os boicotes irão começar tão cedo quanto dezembro de 2016 para países que não cumpram com os nossos pedidos.

Siga os Human Guardians na Mídia Social
Para obter as Últimas Notícias

Quais são os produtos a Boicotar

Antes de se começar com os boicotes de consumidores, nós vamos convidar cada governante dos países do Golfo a falar connosco. Apenas se os resultados destas conversas não forem satisfatórios é que nós iremos convocar um boicote de consumidores. Os produtos boicotados serão especificados, bem como as empresas incumpridoras de distribuição de petróleo e gás.

Nós iremos focar o boicote nos seguintes tipos de produtos e serviços:

  • Produtos de petróleo e gás
  • Transporte de passageiros
  • Empréstimos no mercado de capitais

 
O petróleo e o gás são os produtos de exportação mais importantes para todos os países do Golfo. O Kuwait vende gasolina na Europa, ao abrigo de marcas como Q8, F24 e Tango. Todos os outros vendem petróleo e gás a empresas da indústria do petróleo e gás. Nós vamos pedir a tais empresas que não comprem petróleo e gás de países incumpridores do Golfo. Se uma empresa de petróleo ou gás não quiser cooperar, nós iremos boicotar os seus produtos e pedir aos acionistas que votem no sentido de derrubarem o conselho de administração da empresa.

emirates-1-4eec562f1f56525c1d0f085a198de4b6

Saudi Oil

Muito do Transporte de Passageiros no mundo atualmente é efetuado por companhias aéreas de Estados do Golfo. Nós, consumidores, podemos facilmente boicotar essas companhias detidas essencialmente pelos governos, ao não comprarmos passagens e estimularmos todas as outras pessoas a fazerem o mesmo. As principais companhias aéreas são:

  • Emirados Árabes Unidos: Emirates, Etihad, FlyDubai e Air Arabia.
  • Qatar: Qatar Airways.
  • Arábia Saudita: Saudia.
  • Kuwait: Kuwait Airways.
  • Bahrein: Gulf Air.

O terceiro boicote almeja os Empréstimos no Mercado de Capitais dos países do Estado do Golfo e as suas empresas: o governo do Qatar e da Arábia Saudita emprestou em maio de 2016 e em outubro de 2016 $9 e $17.5 bilhões de dólares respetivamente. Nós pretendemos convencer investidores institucionais, bem como acionistas, a resistirem a qualquer futura participação em empréstimos governamentais ou empresariais (vendas de ações). Nós iremos colocar pressão nos investidores, para não comparem ações de empresas do Estado do Golfo, como a Aramco, uma petrolífera saudita, que vai ir a público em 2017. Nós também iremos pressionar no sentido de venderem as ações que já têm.

Junte-se a Nós

Nós precisamos de ter alavancagem suficiente para convocar um boicote de consumidores abrangente. Não hesiste em juntar-se ao mesmo. Não custa nada e você ajuda a eliminar o terrorismo. Sem a sua ajuda, é impossível.